Assembleia Legislativa de Goiás amplia convênios com a UFG, adotando sistema praticado nos legislativos de 1º mundo

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

Conhecimento é o fator mais importante na vida das pessoas. É com ele que se cria condições de melhoria da qualidade do serviço prestado. Quando isso ocorre no serviço público significa que esse conhecimento chega invariavelmente para o cidadão e cidadã.

A atual administração da Assembleia Legislativa de Goiás, assim como fazem legislativos europeus, que estão entre os melhores e mais capacitados do planeta, adotou uma prática absolutamente salutar do ponto de vista da capacitação, através do aprimoramento do conhecimento com a Universidade Federal de Goiás, UFG.

José Vitti: parcerias com a UFG

José Vitti: parcerias com a UFG

O último desse convênios acaba de ser adotado. A UFG vai destinar 4 vagas para funcionários de carreira do legislativo estadual para cursos de mestrado em administração pública. Ou seja, funcionários sem vínculo definitivo não vão poder usar o poder público para se aprimorarem profissionalmente já que isso não corresponderia em melhoria permanente da qualidade profissional dos servidores públicos estáveis – concursados e efetivos de maneira geral.

Edward Madureira, reitor da UFG: a academia se abre à iniciativa da Assembleia Legislativa

Edward Madureira, reitor da UFG: a academia se abre à iniciativa da Assembleia Legislativa

O processo de seleção dos servidores para esse convênio é bastante rigoroso, e inclui inúmeros setores de conhecimento, inclusive língua estrangeira. Esse convênio é mais uma iniciativa do deputado José Vitti, presidente da Assembleia, que introduziu à sua administração um conceito de excelência permanente para o profissionalismo do serviço prestado à população.