Atentado contra Bolsonaro influenciou quadro inalterado da pesquisa Serpes/O Popular?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

Observando-se os números apresentados neste domingo pelo jornal O Popular sobre a mais nova rodada da pesquisa Serpes, o quadro geral das candidaturas se mostrou absolutamente inalterado, com variações dentro da margem de erro – que, registre-se, é fantasticamente alta, totalizando 7%, com 3,5% para mais ou para menos. Há alguma explicação para esse fato após o início da fase mais importante e aguda da campanha, o horário eleitoral no rádio e na televisão? Não. O que existem são alguns fatores que podem ou não ter contribuído para o registro desse quadro estático.

Em 1º lugar é importante observar que o período de realização da pesquisa, entre os dias 3 e 7 de setembro, abordou somente 4 programas eleitorais para o governo do Estado, sendo que 3 deles foram ao ar durante a pesquisa, o que obviamente pode ter refletido, para menor, o efeito geral, se é que esses programas – e principalmente as pílulas de 30 segundos inseridas durante a programação das emissoras. Ou seja, a exposição ou o contato direto do eleitor com a campanha dos candidatos foi muito pequena.

Bolsonaro esfaqueado

Outro fator que pode ter influenciado o resultado da pesquisa Serpes foi o atentado sofrido pelo candidato Jair Bolsonaro, esfaqueado durante ato de campanha no interior de Minas Gerais, no dia 6 de setembro. A pesquisa Serpes foi realizada entre 3 e 7 deste mês, o que significa que, em média, 40% dos entrevistados, se divididos igualitariamente ao longo do período, foram abordados sob fortíssimo clamor provocado pelo atentado em Minas.

Esses dois fatores podem ter gerado algum efeito para a manutenção geral das candidaturas na pesquisa, mas isso não há como ser cientificamente comprovado. A próxima rodada da pesquisa certamente acabará com pelo menos uma parte dessa dúvida. Se o quadro se mantiver mais uma vez, estará evidenciado que esses fatores de agora não influenciaram o quadro estático. Se o instituto registrar mudanças muito substanciais, talvez nesse caso possa se levar mais em conta tais fatos.