Palácio do Planalto

Caminhoneiros vencem queda de braço com o governo Temer, e devem voltar ao trabalho duro

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

O governo de Michel Temer conseguiu perfazer todo o trajeto político de A a Z de como não lidar com um movimento grevista justo, reivindicatório, não partidário, sem intenções eleitorais não confessadas, e de uma categoria absolutamente indispensável para o funcionamento normal de qualquer país.

Palácio do Planalto

Primeiramente, o presidente simplesmente agiu como se nada estivesse acontecendo, embora recebesse informações de que caminhoneiros estavam estacionando seus caminhões. Depois, com paralisação total que levou ao colapso no abastecimento geral, achou que poderia resolver o problema à moda antiga, com cassetetes e coturnos. A tropa, ao invés de espancar motoristas, praticamente os apoiaram. Por fim, depois de 11 horas de reunião, fez a única coisa que deveria ter feito desde o início: atendeu as reivindicações justas dentro da exata medida de possibilidade de cumprimento do que foi acordado.

Sim, os caminhoneiros venceram a guerra contra um governo que se comportou, como tem se comportado em vários outros episódios importantes, de maneira idiota, prepotente e presunçoso. A greve dos caminhoneiros tende a terminar.