Desde sua implantação, participação de brasileiros aumentou mais de 100% no programa “Mais Médicos”

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

Quando implantado pelo governo de Dilma Roussef, em 2014, para, oficialmente, atender aos apelos das manifestações de rua que aconteceram em todo o país em 2013, o programa “Mais Médicos” recebeu somente 3.033 brasileiros – conforme mostra reportagem da Folha de S. Paulo, de um total de 14 mil 462 vagas disponibilizadas – que representa cerca de 21% do total. Os médicos cubanos eram 11 mil 429 profissionais – cerca de 79% do total.

Fac-símile Folha de S. Paulo

Fac-símile Folha de S. Paulo

Atualmente, conforme informações publicadas pela Folha, a distribuição dos profissionais por origem de seus países mudou bastante. As vagas passaram de 14.462 para 18.240. Os médicos brasileiros somam 7.818, cerca de 43% do total. Já os cubanos diminuíram a representatividade, com 8.332 médicos – cerca de 46%.