Professor Ricardo Vélez

Ministro da Educação é da direita. Ué, e esperavam algum esquerdista?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

O mundico da análise ideológica não leva em conta currículo. Olha a ficha do cara e sacramenta – direta ou indiretamente: esse não serve porque é de direita. A referência aqui é para a indicação de Ricardo Vélez como próximo ministro da Educação do governo de Jair Bolsonaro, que sempre vale lembrar só vai ter início – seguindo normalmente o calendário – dia 1º de janeiro.

Professor Ricardo Vélez

Professor Ricardo Vélez

Ricardo Vélez é um baita professor com 40 anos de cátedra. Tem currículo fenomenal. Se vai desempenhar a futura funçao bem ou mal é outra história. Aliás, essa dúvida vale também para o próprio Jair Bolsonaro.

O que deve se destacar é o fato de que após dezenas de sucessivos governos mesclados entre direitistas e esquerdistas – Lula foi eleito em 2002 com um vice de direita, FHC seguiu o modelo e se elegeu com vice do DEM – o Brasil terá um governo de direita. Nesse sentido, que se transforme em norma: ou vence um direitista ou um esquerdista, mas jamais um meio termo. Foi exatamente essa forma de composição que levou o Brasil a sacramentar o “jeitinho” na política.

O ministro da Educação será de direita. E não se esperava outra coisa.