hacked

O Globo online: ataque hacker foi coordenado e atingiu o núcleo da Lava Jato em 3 Estados e no DF

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

A polícia federal e o Ministério da Justiça investiga um amplo esquema de ataque hacker contra celulares de juízes, procuradores e delegados da polícia, integrantes da operação Lava Jato, que ocorreu no Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo e no Distrito Federal. Pelo menos 16 autoridades sofreram os ataques. Alguns jornalistas também tiveram seus aparelhos invadidos. A informação foi postada pelo site do jornal O Globo no final da tarde desta quarta-feira. A juíza que substituiu Sérgio Moro na Lava Jato, em Curitiba, Gabriela Hardt, está entre as vítimas.

hacked

O site O Antagonista publicou a lista divulgada por Globo online:

– Sergio Moro, ministro da Justiça
– Deltan Dallagnol, procurador
– Gabriela Hardt, juíza
– Abel Gomes, desembargador
– Flávio de Oliveira Lucas, juiz
– Rodrigo Janot, ex-procurador-geral da República
– Paulo Galvão, procurador
– Thaméa Danelon, procuradora
– Ronaldo Pinheiro de Queiroz, procurador
– Danilo Dias, procurador
– Eduardo El Haje, procurador
– Andreu Borge de Mendonça, procurador
– Marcelo Weitzel, procurador
– Gabriel Mascarenhas, jornalista

Os ataques não pararam após a publicação dos diálogos entre o então juiz Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol. Nesta terça-feira, o grupo de conversa privada dos procuradores integrantes do Conselho Nacional do Ministério Público no Telegram também foi hackeado.

Clique aqui para ler O Globo online (somente assinantes)