De tuitada em tuitada, na terra brasilis a esperança morre um pouco a cada dia

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

Às vésperas da deflagração de imensa “guerra” pela aprovação de uma reforma na previdência social, entendida como absolutamente necessária por 9 em cada 10 observadores da economia, incluindo nessa lista bambambãs da esquerda – Fernando Henrique Cardoso, Lula e Dilma tentaram fazer antes o que se propõe ser feito agora -, e uma “batalha feroz” pela atualização das leis penais no país, o presidente da República se mete a retuitar vídeo escandaloso registrado em São Paulo.

As imagens do vídeo em questão não se enquadram na linha editorial deste site

As imagens do vídeo em questão não se enquadram na linha editorial deste site

Uma parcela da oposição, aquela faixa estreita que nunca aceitou o resultado da eleição, badala no samba do impeachment por causa da atitude do presidente. Os bolsonaristas, como sempre, o defendem da forma que entendem ser possível defender o grotesco e desnecessário gesto.

No meio do tiroteio que se segue na terra brasilis, o que morre um pouco a cada tuitada é a esperança.