pichação

Novas observâncias e implicâncias de um velho repórter

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

Grafite é arte? É arte. Mas não no sentido que querem dar a essa palavra. É arte como nossas mães diziam ao ralhar com a gente: “Deixa de arte, menino”. Ou quando comentavam entre elas: “Nossa, o filho da fulana é muito arteiro”.

E a tal pichação é legítima expressão de um cidadão mudo? Que nada. É vandalismo. Só isso. E perigoso. Os pichadores são meio lelés da cuca, e podem ser violentos. O dentista que foi assassinado em São Paulo porque bronqueou com pichadores que rabiscavam a frente de sua casa são um exemplo disso. E ainda deram uma surra no pai dele, um velho que mal conseguia se arrastar…

Veja esta foto abaixo, que recebi pelo WhatsApp: qual lado é mais agradável aos olhos?

pichação

Ahh, mas nem todos os pichadores são fisicamente agressivos. É verdade, e também é verdade que nem todo mundo gosta de ver paredes rebuscadas. Eu não gosto.

E o mais engraçado de tudo é que gostar disto ou daquilo virou posicionamento ideológico. Quem defende os pichadores e grafiteiros são “de esquerda”. Os contrários são “de direita”. Coisa mais idiota um negócio desses… Gosto é gosto, uai.

Aliás, o Brasil é muito idiotizado. O sujeito é contra a agressividade de um qualquer que ataque alguém que ele goste. E aí procura ser ainda mais agressivo contra o atacante. Ué, mas se não curte palavras duras nas bocas dos outros, por que diabos também as usa? Vai entender… Eu já desisti.  Tô véio mesmo…