Suprema tirania

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

No Supremo Tribunal, que deveria se comportar como última trincheira na defesa da cidadania, foi-se embora a compostura. Virou bordel institucionalizado e caro, permitindo a entrada e deleite apenas para o gozo individual dos ricos. Em conluio ou não com a pior elite dirigente da história do país, a suprema corte abarca leis infraconstitucionais contrárias ao interesse coletivo e as  (re)interpreta de acordo com interesses dos poderosos de sempre.

STF 01

Há ainda uma nesga de esperança de que as coisas podem – precisam – mudar por lá. Um grupo de ministros, 5 para ser exato, está onde deveria estar. Na outra trincheira, salvo algumas interpretações absurdas, o que se percebe é uma linha de conduta que se afirma como “garantista”. O termo é correto, mas está muito longe de representar a garantia da aplicação da Lei. O que está sendo normalizado sob essa alcunha é meramente a garantia de impunidade dos malandros endinheirados.

No conjunto, que é o que prevalece, o que há não é uma suprema corte constitucional, mas a suprema tirania contrária aos interesses maiores, e por isso justos, de uma nação inteira. Uma tirania que de resto é sórdida porque retira das mãos de uma sociedade a única forma que ela possuí de se defender. Até quando será assim?