Vinhos, de 30 a 50 reais

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

Uma das piores faixas de preço é essa que vai além dos 30, 35 reais e chega aos 50. Tem muita oferta no mercado. Eis o problema. Deveria ser a solução, né. Não é, não.

Tem muita coisa nessa faixa que engana completamente. Trata-se, portanto, de uma garimpagem de alto risco. Na faixa anterior, até 30 reais, é mais simples: há os bons e os ruins. De 30 a 50, entram os mais ou menos. E é aí que algumas vezes você sente até pena das uvas de qualidade que foram tão maltratadas. E mais pena ainda da sua grana que foi embora.

Depois de amargar algumas garrafas, comecei a beber novidades somente após consultar amigos. Aí vão algumas coisas que eu acho que merecem o investimento.

——————————————————————————-

Vinhos 50 Ventisqueiro ReservaA linha Ventisqueiro é legal. Geralmente, são vinhos bem feitos. O Ventisqueiro Reserva é o basicão da vinícola chilena. Já bebi o Cabernet Sauvignon e o Carmenére. O preço vai se 38 reais em algumas promoções até 45, 48 reais no máximo. Essa linha tem o Gran Reserva, mas o preço pula pra faixa de 60 e poucos reais. A qualidade também aumenta legal. O Ventisqueiro Grey é excelente, mas vai pra faixa dos 80, 90 pilas. Fique com o Ventisqueiro Reserva. Honestíssimo em sua faixa de preço. Facilmente encontrado em Goiânia nas boas lojas.

——————————————————————————-

vinho de 50 - CarmenEsse vinho, da Viña Carmen, é considerado show na relação custo-benefício. A vinícola é a mais antiga do Chile, fundada em 1850. O Carmen Classic é o básico, mas mostra que a vinícola se preocupa com a qualidade. É compra sem medo de decepção na hora de beber. Os vinhos mais requintados e especial dessa casa já bateram prêmios importantes, como o de melhor tinto do Chile, em 2003. Custa perto de 50, mas não mais que isso. Um pouco raro em Goiânia, mas vale a pena a procura.

——————————————————————————-

vinho de 50 Copa Real oroO espanhol Copa Real Oro é um tempranillo de boa estirpe. Não é muito fácil encontra-lo em Goiânia, mas na internet você acha Vale a pena beber esse vinho muito mais para conhecer a rusticidade quase primitiva que ele tem. Quando bebi, me senti como se estivesse em meados do século passado, quando a maioria dos vinhos não era feita com o moderno e rigoroso controle de fermentação e nem com variedade de tonéis de amadurecimento. Mas nem por isso é um vinho ogro, difícil. Só pra conhecer, vale a pena. Há também, da mesma vinícola, Cosecheros Y Criadores, o Copa Plata e o Infinitus, todos entre 40 e poucos e 50 reais no máximo.