Violência

Violência urbana estremece Goiânia: Secretaria de Segurança precisa dar respostas

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

O crescimento absurdo de assassinatos em Goiânia agora em janeiro vai na contramão do que estava sendo observado até o final do ano passado. Pode-se alegar, com razão, que grandes operações emergenciais custam muito caro para um Estado que está com severas restrições de caixa. Porém, essa falta de dinheiro não era menor antes. Se a situação financeira em nada mudou, as alterações na composição é que precisam ser melhor observadas.

Violência

A Secretaria de Segurança Pública é uma área tão sensível que não pode passar pela insegurança da falta de solução continuada. Quando se perde essa condição há um princípio de descompensação geral, e os resultados surgem de forma brutal no meio da sociedade como um todo. No caso, em Goiânia, os crimes violentos ganharam dimensão tal que se aproxima da tragédia social.

Esse quadro exige uma ação imediata da Secretaria de Segurança Pública. O corpo dirigente da Secretaria, assim como das polícias civil e militar, é competente. Talvez a burocracia e a velha contenção de despesas estejam comprometendo os resultados do trabalho. Isso precisa mudar rápido. Em se tratando de violência urbana, os índices historicamente sobem meteoricamente, mas a redução é sempre e invariavelmente em doses homeopáticas. Nesse ritmo que aí está, certamente vai se perder o controle.